É​ uma gordura existente em circulação no sangue, sintetizada pelo fígado e obtida pela ingestão de produtos de origem animal. É essencial para o bom funcionamento do organismo, participando na constituição celular, produção de vitaminas e hormonas. Contudo, quando em excesso pode acumular-se nas artérias, aumentando o risco de doenças cardiovasculares. Desta forma, procure fazer uma alimentação equilibrada, variada e completa, evitando os produtos ricos em gorduras saturadas e trans (produtos de pastelaria, charcutaria, fritos, refeições pré-confecionadas, entre outros), que aumentam o colesterol sanguíneo.

​​A catarata é a opacificação do cristalino, a lente natural do olho localizada atrás da pupila. Através desta lente, os raios luminosos chega​m à retina para haver a formação correta das imagens. Portanto, quando o cristalino perde a transparência e impede a passagem da luz de forma clara até à retina, o doente sofre uma perda progressiva de visão.​

​Tumor maligno.

​Tumor maligno.

Técnica que permite avaliar o bem-estar do feto e consiste no registo da sua frequência cardíaca bem como das contrações uterinas

​Todo o tipo de dor ou perturbação na cabeça, independentemente do seu tipo, que poderá variar consoante a intensidade, o caráter e a duração.

Área vocacionada para o estudo das dimensões das estruturas do crânio e da face, suportando avaliações de crescimento e eventuais tratamentos corretivos.​

​Inflamação da córnea.

​Córnea que assume a forma de um cone.

Enxerto de córnea.​

​Dor na região cervical (parte posterior do pescoço).

​Inflamação do colo do útero.

​Dor na região cervical que irradia para o braço/antebraço.

​Cor azulada da pele devido à deficiente circulação do sangue e respetiva oxigenação.

​Dor na região do nervo ciático (parte lateral da coxa e posterior da perna).

​Dor irradiada para os membros inferiores por compressão de nervo.

​Terapia do movimento: conjunto de vários métodos terapêuticos que visam a reabilitação funcional, através da realização de movimentos ativos e passivos.

​Confirmação de focos de infeção em tecidos moles ou ósseos e na avaliação de Doença Inflamatória Intestinal Aguda.

​Diagnóstico diferencial das demências (Alzheimer, Lobo Frontal, com corpos de Lewis, múltiplos enfartes), da depressão, localização de focos de epilepsia, avaliação prognóstica após enfartes cerebrais, deteção de isquemia cerebral induzida por vasodilatadores para avaliação do tecido cerebral em risco de desenvolver enfartes agudos.

​Exame não invasivo, que utiliza técnicas de medicina nuclear e que tem como objetivo avaliar a circulação (perfusão) do músculo cardíaco em sobrecarga e/ou repouso.

Exame complementar de diagnóstico de baixo custo e com sensibilidade muito elevada na deteção de patologia osteoblástica e inflamatória a nível ósseo, osteo-articular e em alguns casos de patologia dos tecidos moles envolventes do esqueleto.​

​Exame que permite a deteção de patologia obstrutiva (pielo-caliceal ou uretérica), no diagnóstico de rejeição de enxertos renais, diagnóstico de Necrose Tubular Aguda, deteção de cicatrizes corticais (pós-infeção)

​Técnica que permite a confirmação de híper e hipotiroidismo; qualificação funcional de nódulos tiroideus (quentes – adenomas; frios – quistos, tumores); definição de quistos tiroideus pré-cirurgia, e ainda diagnóstico diferencial entre quistos do canal tiroglosso com ou sem tecido tiroideu funcional e tiroides aberrantes.

​Doença hepática crónica caraterizada por alterações macro e microscópicas, com transformação nodular no fígado resultante do processo cicatricial de reparação nodular.

​Intervenção para retirar o cristalino ”opacificado”(catarata) e colocar no seu lugar uma lente. Esta vai permitir que a visão volte a ser quase ou totalmente normal. O procedimento é relativamente simples, rápido, mas exige a colaboração do doente que, antes da cirurgia, faz um exame não doloroso, para calcular exatamente que lente deverá ser colocada.

​Intervenção realizada sem circulação extracorporal em 100% dos doentes; Utilização de enxertos arteriais sempre que possível, nomeadamente artéria mamária interna esquerda e direita, e artéria radial quando indicado; extração de condutos venosos com técnicas minimamente invasivas.

​Reparação valvular mitral em 90% dos casos, quer sejam doenças valvulares de etiologia reumática, degenerativa ou infeciosa.

​Substituição valvular em 90% dos casos por próteses mecânicas ou biológicas em função do cada doente. Utilização de materiais biológicos como homoenxertos no tratamento da endocardite.

​Tratamento das patologias da aorta ascendente e aorta torácica como aneurismas, roturas traumáticas ou disseções da aorta tipo A.

​Procedimento que consiste na obtenção de radiografias da bexiga e uretra, opacificados por produto de contraste administrado através de uma sonda introduzida na uretra.

​Procedimento que consiste na obtenção de radiografias da bexiga e uretra, opacificados por produto de contraste administrado através de uma sonda introduzida na uretra, com apoio de anestesia (esta normalmente, só nas crianças).

​Processo inflamatório da bexiga. Na maioria das vezes a infeção tem causa bacteriana, cujo tratamento é baseado no uso de antibióticos ou quimioterápicos adequados. Com menor frequência, a cistite tem como causa fatores imunológicos, radioterapia e outros.

​Lesão, normalmente ovalada ou circular, com conteúdo líquido no seu interior.

​Perda total de audição.

​Procedimento que consiste na remoção parcial ou total do cólon.

​Dor abdominal de localização e intensidade variável descrita como sensação de torção (espasmo).

​Exame endoscópico efetuado com 1 “tubo” flexível com o diâmetro aproximado de 1 dedo e que permite observar o interior do reto e cólon (intestino grosso).

​Exame que tem como objetivo a visualização interna, não invasiva do cólon, no sentido de detetar eventuais alterações da parede, sobretudo pólipos.

​Exame que consiste na observação da vagina e do colo do útero que é utilizado essencialmente na deteção de lesões no útero como o cancro. É comum serem recolhidas amostras dos tecidos (biopsias) para análise posterior.

​Estado de privação da consciência em que não há reação de despertar mesmo com estimulação intensa.

​Procedimento invasivo que, através da recolha de uma amostra de sangue fetal retirada a partir do cordão umbilical, permite estudar as células do feto. Esta técnica é realizada sob orientação ecográfica.

​Este exame consiste na visualização radiológica das artérias coronárias do coração.

​Exame que consiste na obtenção de radiografias do intestino grosso após a introdução de contraste baritado e ar por sonda retal. Para a realização deste exame é necessário introduzir um pequeno tubo de plástico no reto, através do qual será introduzido produto de contraste e ar para distender o intestino. O exame demorará cerca de 30 a 45 min.

​Exame que permite o diagnóstico, extensão e gravidade de episódios de Embolia Pulmonar Aguda (tromboembolismo pulmonar) e resposta à terapêutica.