Política de cookies Lusíadas Saúde
Usamos cookies em todos os nosso sites para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Ao prosseguir, está a declarar aceitar todos os cookies dos sites do grupo Lusíadas Saúde.

Política de cookies
Serviços Clínicos
214 653 000 Contacto Geral 24h

Internamento

​​​​​​​​

Cuidar é esclarecer para se sentir mais seguro e confiante

Nesta página fornecemos-lhe um conjunto de informações que visam melhorar a sua experiência no decurso de todo o processo, desde a admissão, passando pelo internamento e até ao momento da alta.

Durante a sua estada procuramos proporcionar-lhe as melhores condições para uma rápida recuperação do seu estado de saúde.

No Hospital de Cascais a pessoa internada deve transmitir à equipa de enfermagem qual o familiar ou acompanhante a quem pretende que seja transmitida a evolução da sua situação clínica, e disponibilizar o respetivo contacto.

Se o desejar, o hospital possibilita a obtenção de uma segunda opinião sobre a sua situação de saúde.

 

Admissão

A admissão é feita na Receção do Serviço onde ficará internado, onde é aberto o Processo de Internamento.

​No ato de admissão o utente (ou acompanhante) deve fazer-se acompanhar de:

  • Documento de identificação pessoal;

  • Cartão válido comprovativo do Serviço Nacional de Saúde e/ou de Serviço de Saúde Estrangeiro;

  • Todos os exames referentes à respetiva situação clínica, nomeadamente análises clínicas, RX, ecografias, TAC ou outros;

  • Todos os medicamentos que toma habitualmente. É importante transmitir esta informação à equipa de profissionais de saúde que o assiste;

  • Só permanecerão no hospital os medicamentos especiais que a equipa de saúde lhe indicar;

  • Indicação de qualquer alergia conhecida (alimentos, medicamentos ou outras substâncias).

 

Roupa e Objetos de Uso Pessoal

O Hospital tem à sua disposição artigos indispensáveis de higiene pessoal.

Contudo, para tornar a sua estadia mais agradável, poderá trazer alguns pertences pessoais, nomeadamente:

  • Artigos de higiene pessoal;

  • Roupão de quarto, pijama e outros artigos de roupa pessoal;

  • Livros ou revistas;

  • No caso de crianças, o seu brinquedo e jogo favorito;

  • No caso de maternidade, a roupa do bebé.

Deverá ter uma muda de roupa no Hospital, pronta para utilizar no momento da alta.

 

Telemóveis

Não é permitido o uso de telemóveis nos locais onde exista equipamento médico eletrónico em funcionamento. É importante questionar a equipa de saúde sobre a possibilidade de utilização do mesmo.


Objetos de Valor

Desaconselhamos que traga consigo valores, jóias ou grandes quantias em dinheiro.

 

Informações sobre o estado de saúde

Durante o internamento qualquer dúvida sobre a sua situação clínica pode ser esclarecida pela equipa de saúde responsável. As informações são dadas pessoalmente à pessoa internada ou a familiares referenciados. Para garantir a privacidade da situação clínica, não poderão ser fornecidas informações telefónicas.


 Alimentação

A preparação e confeção das refeições são supervisionadas por uma Dietista, de forma a garantir uma alimentação equilibrada e adequada à situação clínica de cada pessoa. Exceto em situações específicas, as sugestões de ementa são apresentadas diariamente para permitir alguma escolha.

As refeições no Hospital são servidas nos seguintes horários:

  • Pequeno-almoço: 8h – 9h30

  • Almoço: 12h – 13h30

  • Lanche: 16h – 17h

  • Jantar: 19h – 20h

  • Ceia: 21h – 22h

Para garantia da dieta adequada a cada situação não são permitidos alimentos vindos do exterior. É importante que saiba que alguns alimentos podem ser prejudiciais à sua situação clínica.

Em casos excecionais, contacte a equipa de saúde.

 

Refeições dos Acompanhantes

  • Pequeno-almoço: 9h – 10h | Cafetaria do Piso 1

  • Almoço:  13h30 – 15h | Refeitório

  • Jantar:  19h – 21h | Refeitório

Os acompanhantes com direito a refeição, devem ser portadores de senha devidamente preenchida pelo serviço de internamento. Esta senha deverá ser entregue na caixa da cafetaria ou do refeitório, no momento da refeição. A senha destina-se à refeição mencionada e não pode ser acumulada com outras senhas. O direito às senhas de refeição encontra-se legislado por decreto-lei, sendo as mesmas geridas pela equipa de enfermagem durante o internamento. A equipa de enfermagem encontra-se disponível para qualquer esclarecimento necessário neste âmbito.


 Visitas e Acompanhantes

Estar rodeado pelo carinho e apoio dos amigos e familiares é importante na sua recuperação. As visitas são desejáveis e bem-vindas, mas existem regras que devem ser cumpridas e observadas para o bem-estar de todos os que permanecem no Hospital de Cascais.

O Hospital de Cascais não recomenda a entrada de crianças com menos de 12 anos como visita a uma pessoa internada. A eventual entrada da criança ficará dependente da autorização dos profissionais de saúde do serviço em causa, tentando sempre preservar os interesses e bem-estar de ambos (doente e criança).

 

Crenças Espirituais

Todos os sacerdotes ou ministros de qualquer religião são bem-vindos ao Hospital de Cascais.

A visita ao utente deverá ser previamente combinada com o Serviço e precedida de passagem pela Receção Principal, a fim de ser devidamente identificada a pessoa que fará a visita.

O Hospital tem uma sala de culto e a presença diária de um sacerdote católico.

 

Voluntariado

O Hospital de Cascais dispõe de um serviço de voluntariado a cargo da Liga dos Amigos do Hospital de Cascais. Para qualquer informação contacte a equipa de saúde.

 

Alta do Internamento

Para que a sua casa ou o local onde vai fazer a sua convalescença esteja pronto para o receber, a alta deve ser preparada com antecedência.

Nos dias anteriores à alta, a família/cuidador, deve trazer para o Serviço de Internamento a roupa que irá vestir no momento da saída do hospital. Esta deve ser entregue à equipa de enfermagem.

É também importante que o transporte para o seu domicílio esteja assegurado.

Após a sua alta clínica dada pelo médico assistente e a validação pela equipa de enfermagem de que estão cumpridos todos os cuidados para que possa sair do hospital em segurança poderá deixar o internamento.

 

• Procedimentos antes da alta:

- Informar um familiar ou acompanhante de que vai ter alta;

- Solicitar junto da equipa de saúde toda a documentação relacionada com a sua estadia no hospital, incluindo os exames de diagnóstico que tenha efetuado, antes e durante o internamento, o relatório de alta e as orientações da equipa médica e de enfermagem sobre os cuidados a ter no domicílio.

 

• Procedimentos antes de sair do Hospital:

- Verificar se não deixa qu​aisquer bens ou objetos de uso pessoal no quarto;

- Proceder ao levantamento de eventuais valores que tenha depositado.

Se identificar algum constrangimento para a alta e o seu regresso a casa, deverá comunica-lo à equipa de saúde o mais precocemente possível.

            
Tabaco

A Lei n.º 37/2007, de 14 de agosto, proíbe fumar nos estabelecimentos onde sejam prestados cuidados de saúde.

 

GUIA DE ACOLHIMENTO

Grávidas no Internamento

Consulte os horários das visitas nos diferentes serviços do Hospital de Cascais